Auto do texto Qualé, meu Rei?, Beto Mettig é formado em Jornalismo pela Universidade Federal da Bahia e também pelo Curso Livre de Teatro da UFBa. Começou a estudar teatro paralelamente ao desenvolvimento de uma carreira na área de Comunicação, trabalhando junto a importantes projetos ligados a cultura e educação em todo o Brasil.

Atuou em espetáculos como “Cinema Cantado” (direção de Luiz Marfuz), “Merlin” (de Tankred Dorst, direção de Carmen Paternostro), “3 em 1” (diversos autores, direção geral de Fernando Guerreiro), “Noviças Rebeldes” (de Dan Goggin, direção de Wolf Maia), “Lábaro Estrelado” (de Cleise Mendes, direção de José Possi Neto), “Budro” (de Bosco Brasil, Direção de Tom Carneiro), “Traição” (concepção e direção de Meran Vargens), “Amor Barato” (com direção de Fábio Espírito Santo e Ana Paula Bouzas) e “Dona Ivone Lara, o Musical” (com direção de Elísio Lopes Filho). Sob direção de Zé Celso, atuou em montagens como “Macumba Antropófaga”, “Acordes” e “Odisseia Cacilda”.

Foi assistente de direção de artistas como Ewald Hacker (“O Menor Quer ser Tutor”), Paulo Atto (“Kaô”) e Marcelo Medici (“Brincando em Cima Daquilo”). Integrou a Cia Baiana de Patifaria e a Associação Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona. É autor e diretor da peça  Respira, Segura e Solta!.

Márcio M. Rocha – Designer responsável pela diagramação e pela identidade visual do texto digital e e-Book Qualé, Meu Rei?, Márcio é formado em Comunicação Social/Publicidade e Propaganda pela Universidade Salvador – UNIFACS, com Pós-Graduação em Design Gráfico no Senac São Paulo. Ele possui mais de 15 anos de atuação em empresas de comunicação, eventos e design, além de produzir conteúdo e design para projetos de cultura geek. Sua vivência profissional inclui ainda passagens em departamento de marketing, ouvidoria, direção de arte, produção/eventos, planejamento editorial e mídias sociais, com experiência adquiria, por exemplo, junto a empresas como a TV UNIFACS e Editora C4, entre outras. Realizou diversos trabalhos na área cultural, criando identidades visuais para espetáculos e projetos diversos. Conheça mais sobre o trabalho de Márcio entrando nesse link.

Luciana Arantes – A arte de Luciana, ilustradora de Qualé, Meu Rei?, reflete sua ligação com a natureza e sua curiosidade por mundos distintos. Morou em várias cidades (São Paulo, Rio de Janeiro, Blumenau, Salvador) e cada uma delas imprimiu diferentes traços em sua criação, que agora se traduz em referências múltiplas com as quais desenvolve seu trabalho artístico. Luciana já se dedicou a trabalhos manuais como crochê e bordado; transformava suas roupas e chegou a fazer curso de corte e costura. Quando estudou estilismo no SENAI CETIQT, o Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil do Rio de Janeiro, ingressou no mundo da estamparia e até hoje trabalha na área têxtil. Depois estudou Artes Visuais na Escola de Belas Artes de SP. Simples e delicado, seu trabalho cria colagens com papéis coletados no dia a dia, dialogando com questões de sustentabilidade cada vez mais presentes em sua produção. Suas obras são um convite para uma viagem através de personagens imaginárias, seja em estamparia, em pinturas ou ilustrações com colagens. Conheça mais sobre o trabalho de Luciana entrando em sua página do Instagram.